ÁSIA/TAILÂNDIA - Zika, primeiros bebês microcéfalos no Sudeste Asiático

Segunda, 3 Outubro 2016 saúde  

HAMZA BUTT

Bangcoc (Agência Fides) - Depois dos casos de zika no Brasil (que tinha denunciado um trágico aumento de deformações em fetos) e na África, América e Europa, cresce o alarme também no Sudeste Asiático. Em particular na Tailândia, onde as autoridades locais registraram as duas primeiras crianças microcéfalas por causa do vírus Zika. Este é o primeiro caso identificado no Sudeste Asiático. O primeiro surto de Zika, fora da África, remonta a 2007, na ilha de Yap na Micronésia. Em seguida, alarme também no Texas, onde foi assinalado um caso de transmissão por via sexual. A Itália por enquanto registrou dez casos de Zika, todos viajantes que tinham contraído o vírus no exterior. Segundo os pesquisadores, o vírus deve ser adicionado à lista das infecções congênitas, junto com a rubéola, toxoplasmose, sífilis, citomegalovírus, Hiv e herpes. Depois da Gripe aviária, Sars e Ebola, tornou-se o novo pesadelo para a saúde mundial. (AP) (3/10/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network