ÁSIA/LÍBANO - A Caritas no Líbano reabre um Centro para mulheres refugiadas

Sexta, 5 Agosto 2016 solidariedade   refugiados   mulher   violência   guerras   caritas  

Caritas

Beirute (Agência Fides ) - Um local para acolher, cuidar e acompanhar as mulheres estrangeiras, na maioria dos casos refugiadas no Líbano e que ficaram sós ou marginalizadas, com o risco de serem vítimas de violências: esta é a finalidade do refúgio "O carvalho", um centro de acolhimento reservado às mulheres que a Caritas Libanesa reabriu recentemente, transformando-o num local confortável, seguro e acolhedor para as mulheres e suas crianças.
“Muitas mulheres hóspedes fogem de abusos como violências domésticas, tráfico de seres humanos ou da violência sempre mais generalizada e difundida contra refugiados”, informa uma nota da Caritas Líbano enviada à Fides. Embora o abrigo receba mulheres de várias nacionalidades, a maior parte das mulheres hoje hóspedes são sírias.
Elas recebem proteção, apoio médico, legal e psicossocial, além da assistência material, e sua permanência pode durar diversas semanas e por vezes, meses: as mulheres são acompanhadas no percurso e na busca de soluções de vida sustentáveis depois da permanência no abrigo. O Centro pode hospedar até 30 mulheres com seus filhos e, como afirma a Caritas, está sempre lotado, com a capacidade máxima. (PA) (Agência Fides 5/8/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network