ASIA/PAKISTAN - Abdul Sattar Edhi, la carità senza confini: esempio per l'umanità

Segunda, 11 Julho 2016 islã   direitos humanos   discriminação   solidariedade   sociedade civil  

Facebook

Lahore (Agência Fides) – “Abdul Sattar Edhi mostrou o rosto humano do Paquistão. Foi um muçulmanos que dedicou toda a sua vida à caridade e ao próximo, sem qualquer discriminação. Beneficiou também muitos católicos.
Ele nos ensinou que a cariade não tem fronteiras e não tem barreiras, em nome da humanidade de cada um de nós”: disse à Agência Fides Emmanuel Parvez, pároco em Pansara, cidade situada a 25 km de Faisalabad, recordando o filantropo que foi comparado a Madre Teresa de Calcutá. Abdul Sattar Edhi morreu em 8 de julho de 2016. Trata-se de um "herói nacional" do Paquistão, envolvido na assistência humanitária sem nenhuma discriminação, criador de uma das maiores fundações privadas de assistência social no Paquistão.
"Abdul Sattar Edhi foi um exemplo e um bem para a nação, e seus serviços para a humanidade foram uma manifestação pura do amor de Deus. O vazio deixado por ele nunca será preenchido", ressalta a nota da Comissão "Justiça e Paz" dos Bispos paquistaneses, assinada pelo Diretor nacional Pe. Emmanuel Yousaf Mani e pelo diretor executivo Cecil Chaudhry. A nota, enviada a Fides, expressa suas condolências pela morte de Abdul Sattar Edhi que, se recorda, "trabalhou incansavelmente pelos pobres e comunidades marginalizadas". Os serviços de ambulâncias fornecidos em todo o país pela Fundação Edhi são os mais eficientes da nação "e continuam contribuindo para o bem comum nos momentos de necessidade, especialmente durante os ataques terroristas e calamidades naturais". A Comissão "Justiça e Paz" oferece à Fundação Edhi "toda a assistência necessária para levar a cabo o seu trabalho nobre em prol da humanidade”. (PA) (Agência Fides 11/7/2017)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network