ÁFRICA/SUDÃO DO SUL - “A justiça deve acelerar as investigações sobre a morte da Ir. Veronika”, pede o Bispo de Yei

Quarta, 6 Julho 2016 mártires  

Juba (Agência Fides) - “A justiça não deve atrasar os resultados da investigação e os culpados devem ser levados a julgamento”, afirmou Dom Erkolano Lodu Tombe, Bispo de Yei, no Sudão do Sul, lançando um apelo às autoridades para acelerem as investigações sobre a morte da Ir. Veronika Theresa Rackova, a missionária eslovaca das Missionárias Servas do Espírito Santo que morreu depois de ter sido baleada por militares num posto de bloqueio (veja Fides 21/5/2016). Dom Ludu encorajou mais uma vez os fiéis a “terem coragem e a permanecerem unidos na fé para servir Deus e o seu povo”.
Na noite de 16 de maio, depois de acompanhar um mulher prestes a dar à luz ao Harvester’s Health Center de Yei, ao regressar Ir. Veronika foi baleada por homens armados, aparentemente soldados do Exército de Libertação do Povo Sudanês (SPLA, ex-movimento de guerrilha que depois da independência do país em 2011 tomou o poder). Ao ser socorrida, foi imediatamente transportada para Nairóbi devido à gravidade de suas lesões. Ela morreu em 20 de maio depois de quatro dias de agonia. (L.M.) (Agência Fides 6/7/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network