AMÉRICA/COLÔMBIA - “Bairros sem água e o único hospital fechado. Ajude-nos, senhor Presidente!” pede o Bispo de Buenaventura

Quarta, 25 Maio 2016 política   bispos   pobreza  

Elpaís.com.co

Presidente Santos em Buenaventura

Buenaventura (Agência Fides) – Dom Ettore Epalza Quintero, P.S.S., Bispo de Buenaventura, durante a Eucaristia celebrada em 21 de maio, dia nacional da afro-colombianidade, que aproveitou a presença do Presidente Santos e da delegação de quatro ministros (Moradia, Trabalho, Interior e Meio-ambiente) em Buenaventura para lançar um alarme.
Durante a homilia, o Bispo pediu ao Presidente que trabalhe mais por Buenaventura, porque, não obstante o “Plano para o Pacífico” liderado pelo atual Ministro do Meio-ambiente, “não temos água 24 horas por dia na maior parte de nossos bairros. A Hidropacífico (nome da empresa responsável na região), cujo slogan é ‘Água pela vida’, quer nos ver com sede. Exatamente nos lugares aonde a água não chega, as contas vêm, pontuais. Além disso, o hospital permanece fechado, depois de dois anos de reformas. Querido presidente, nos ajude!” conclui o Bispo.
Ontem, 24 de maio, a governadora do estado, Dilian Francisca Toro, se justificou com a imprensa pela situação, explicando que deve aguardar a intervenção direta do Ministério da Moradia, “responsável pela gestão do contrato com a Hidropacífico". O paradoxo, como havia já assinalado o Bispo, é que “em Buenaventura existem 7 bacias com 45 milhões de metros cúbicos de água, enquanto nos bairros não chega uma gota, mas as contas vêm, pontuais”.
(CE) (Agência Fides, 25/05/2016)



Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network