ÁSIA/INDONÉSIA - Exploração de menores em plantações de tabaco: emergência no país

Quarta, 25 Maio 2016 menores  

Pierre Pouliquin

Jacarta (Agência Fides) – A exploração de mão-de-obra infantil em plantações de tabaco continua a ser uma das emergências mais graves da Indonésia. A denúncia provém do relatório recém-publicado pela organização Human Rights Watch (HRW). Os menores, alguns com apenas 8 anos, ficam expostos à nicotina, manipulam substâncias químicas tóxicas ou usam instrumentos perigosos sob o calor tórrido das plantações. Durante uma pesquisa no campo, a responsável pelo estudo, com a sua equipe, entrevistou 132 crianças que trabalham em cultivos de quatro províncias indonésias. Metade dos menores referiram sintomas relacionados à intoxicação aguda devida à nicotina, absorvida através do contato com a pele. A exposição a pesticidas e substâncias químicas, causadoras de problemas respiratórios, câncer ou depressão, são constantes nas crianças que colhem folhas de tabaco. A Indonésia é o quinto produtor mundial de tabaco, com mais de 500 mil plantações aonde, segundo dados da Organização Internacional do Trabalho, trabalham mais de 1 milhão e meio de menores de 10 a 17 anos. (AP) (25/5/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network