AMÉRICA/BRASIL - Semana pela unidade dos cristãos: respeitosos, não somente tolerantes, em relação aos migrantes

Segunda, 9 Maio 2016 conferências episcopais   migrantes  

CNBB

São Paulo (Agência Fides) – No Brasil, assim como em outros países da América Latina, a semana que precede a solenidade de Pentecostes é dedicada à oração pela unidade dos cristãos. “Chamados e chamadas a proclamar os altos feitos do Senhor” é o tema escolhido para a semana deste ano no Brasil, de 8 a 15 de maio, inspirado no versículo bíblico 1Pd 2,9, evocando a realidade das migrações.
Segundo informações enviadas a Fides, a proposta do tema é do movimento ecumênico da Letônia, adaptada no Brasil pelo Movimento Ecumênico de Curitiba (MoveC).
A carta dos representantes das várias comunidades cristãs brasileiras difundidas para a ocasião, ressalta que “o ano de 2015 foi caracterizado por ondas de migração. Também no início deste ano, vimos na Europa migrantes e refugiados desesperados à procura de novas condições de vida. Os seus países foram destruídos por guerras e desastres ambientais. Alguns países escolheram fechar suas fronteiras para impedir a entrada de migrantes. Outros estão pensado nesta possibilidade”.
Evidenciamos que “no Brasil, a situação não é assim dramática como é na Europa, mas também aqui aumentou o número de migrantes e refugiados. Infelizmente, em 2015, alguns migrantes foram espancados e foram objetos de preconceitos. Comportamentos racistas e preconceitos não são coerentes com as grandes obras de Deus”. O texto recorda que no passado um número significativo de grupos étnicos chegou ao Brasil por motivos ligados à fome e guerra, encontrando acolhimento e proteção.
“O Batismo nos convida ao respeito pelos migrantes. Mais que ser tolerantes, devemos respeitar”, exorta a carta. A tolerância deveria levar ao reconhecimento do direito da dignidade ínsita em cada ser humano. Somos chamados a proclamar as grandes obras do Senhor! Que esta proclamação se traduza em comportamentos de diálogo, acolhimento e respeito pelas pessoas que vem ao nosso país em busca de novas oportunidades de vida”. (SL) (Agência Fides 9/05/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network