ÁSIA/IRAQUE - Bispos caldeus: cristãos sejam envolvidos no novo governo

Terça, 5 Abril 2016 sectarismos  

Irbil (Agência Fides) - O pedido de incluir também os políticos cristãos na equipe governamental, o convite aos fieis a não se deixarem convencer por quem promove sua fuga do Iraque, e uma clara afirmação de apoio a todas as equipes militares nacionais comprometidas na luta contra os jihadistas do Califado Islâmico: são estes alguns pontos que emergiram da reunião realizada pelos bispos iraquianos na manhã de hoje, presidida pelo Patriarca Louis Raphael I, para avaliar o andamento da situação no território iraquiano e em todo o Oriente Médio. O encontro se realizou em Ankawa, subúrbio de Irbil onde estão concentradas as comunidades cristãs da capital do Curdistão iraquiano. No comunicado final, enviado à Agência Fides, os bispos iraquianos expressam o seu “orgulho” pelas vitórias e sucessos obtidos na luta contra a “organização terrorista” do Estado Islâmico feita pelo Exército iraquiano em colaboração com as milícias curdas Peshmerga, as forças de autodefesa e as tribos sunitas. Os bispos caldeus expressam também o desejo de que chegue logo a libertação de Mosul e da Planície de Nínive. Além disso, fazem um apelo à “sabedoria das autoridades islâmicas” para contribuírem na estabilização e segurança da nação, promovendo “os direitos humanos” e deixando de lado “privilégios e interesses pessoais, partidários e sectários, na consciência de que a reconciliação nacional pode ser obtida somente através de uma parceria política, “distante de todo favoritismo e do sistema de cotas de poder divididas em base sectária”. (GV) (Agência Fides 5/4/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network