AMÉRICA/CANADÁ - Organizações católicas: reconheçamos erros e falsidades contra os direitos dos indígenas

Quinta, 31 Março 2016 direitos humanos   indígenas   bispos   justiça  

Católicos no Canadá

Ottawa (Agência Fides) – Um "apelo a todos os nossos irmãos e irmãs católicos” para “caminhar ao lado das populações indígenas canadenses na construção de uma sociedade mais justa, onde os seus dons e o de todas as pessoas sejam respeitados e honrados" foi lançado pelas quatro maiores organizações católicas do Canadá: A Conferência Episcopal do Canadá (CCCB), a Conferência dos religiosos canadenses (CRC), o Conselho aborígeno católico canadense e a Organização Católica canadense para o Desenvolvimento e a Paz.
Foram formulados dois textos, ambos com a data de 19 de março de 2016, solenidade de São José, principal padroeiro do Canadá, que pretendem dar uma resposta católica ao chamado "Call to Action 48" da Comissão Verdade e Reconciliação e aos princípios de lei conhecidos como "Doutrina da Discovery" e “terra nullius”.
No primeiro dos dois textos, os signatários católicos expressam seu apoio à Declaração das Nações unidas sobre os Direitos dos Povos Nativos, afirmando que "o espírito deles pode indicar uma estrada para a reconciliação entre os povos indígenas e não indígenas no Canadá".
O segundo documento "considera e repudia conceitos e princípios ilegítimos utilizados pelos europeus para justificar o sequestro de terrenos precedentemente confiscados às populações indígenas e, com frequência, identificados pelos termos da Doutrina da Discovery e terra nullius".
Os signatários afirmam: "É o momento certo para uma declaração pública em resposta aos erros e às falsidades perpetuadas, muitas vezes pelos cristãos, durante e depois da chamada Age of Discovery". Depois de expor os princípios que mostram como esses argumentos foram utilizados para empobrecer os povos indígenas, os signatários reiteram os oito compromissos assumidos em seu primeiro documento para caminhar ao lado da população indígena canadense. Um apêndice fornece uma panorâmico histórica do desenvolvimento dos dois conceitos jurídicos em relação ao ensinamento católico e motivando seu repúdio.
(CE) (Agência Fides, 31/03/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network