ÁSIA/PAQUISTÃO - Igrejas em risco de demolição em Lahore por causa de uma nova linha do metrô

Terça, 8 Março 2016 minorias religiosas   cristianismo   cultura  

Lahore (Agência Fides) – Diversos edifícios e sítios de valor histórico, artístico e religioso, assim como muitas igrejas, correm o risco de serem demolidos em Lahore, dando lugar à nova linha do metrô projetada e lançada pela prefeitura para adaptar a cidade às novas exigências do transporte público. Como assinalam à Agência Fides associações locais cristãs e não-cristãs, a nova linha metropolitana terá como consequência também o desalojamento de milhares de pessoas.
Pelo menos 25 locais correm o risco de serem demolidos, apesar de protegidos como bem artístico. Dentre estes, há muitos locais de culto, como as igrejas presbiterianas de Santo Adré e Naulakha, a igreja anglicana da Ressurreição e o cemitério de Mominpura, particularmente importante para a comunidade muçulmana xiita de Lahore.
O Instituto para crianças desfavorecidas, que atendia 180 famílias com crianças portadoras de deficiências mentais, foi demolido e as famílias estão aguardando a transferência de seus filhos para outra escola. Segundo o plano aprovado, escolas, edifícios, hospitais, casas e áreas verdes ao longo das linhas do projeto serão destruídos.
O projeto da linha laranja do metrô, de 27 km, deve ser concluído até outubro de 2017. As organizações da sociedade civil afirmam que o governo de Punjab não levou em consideração o custo humano de transferir milhares de pessoas habitantes destas áreas centrais, densamente habitadas. Para elas, não se prevê nenhuma indenização.
Farida Shaheed, ex-relatora especial das Nações Unidas para direitos culturais, frisou que “a destruição destes sítios viola o direito dos cidadãos e lesiona de modo significativo o patrimônio cultural da cidade”. Segundo a Ong “Christian Solidarity Worldwide”, “na construção desta linha ferroviária, o governo do Punjab desrespeita as convenções internacionais que tutelam direitos das pessoas”. (PA) (Agência Fides 8/3/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network