ÁSIA/TERRA SANTA - Belém chama Lourdes: nasce a parceria entre as duas cidades para apoiar os cristãos palestinos

Quinta, 3 Março 2016 peregrinações  

lpj.org

Belém (Agência Fides) – Lourdes e Belém compartilham um “destino comum”, visto que “sem peregrinos, Belém seria na Palestina uma pequena aldeia esquecida, como Lurdes”. Com estas palavras, carregadas de realismo, o prefeito de Lourdes, a Sra. Josette Bourdeu, quis ilustrar a relação especial que une a cidade de Jesus e a aldeia-santuário nos Pireneus. E o fez durante a visita realizada pela delegação francesa liderada por ela à Terra Santa para assinar um acordo de parceria entre o município francês e o palestino, que de agora em diante, concretizará e animará a colaboração entre as duas cidades.
O acordo – informa a mídia oficial do Patriarcado latino de Jerusalém – foi aperfeiçoado no dia primeiro de março e visa, antes de tudo, criar novos postos de trabalho no campo do turismo, através também da compra e venda de objetos religiosos fabricados por artesãos cristãos palestinos. A colaboração permitirá desenvolver projetos no campo da economia social, favorecendo a comercialização de artesanato palestino na rede de locais de peregrinação mais frequentados por católicos em todo o mundo, como os santuários de Fátima, Czestochowa, Guadalupe e Aparecida. Desde 2012, o "terço oficial" do Santuário mariano de Lourdes é realizado em madeira de oliveira de uma família de Belém, e 25 mil exemplares são vendidos anualmente. (GV) (Agência Fides 3/3/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network