ÁSIA/IRAQUE - Nova iniciativa dos parlamentares das minorias contra a lei sobre a islamização de menores

Quinta, 25 Fevereiro 2016 discriminação  

Bagdá (Agência Fides) - Nos dias passados, os membros cristãos presentes na Assembleia parlamentar do Iraque pediram uma maior representação das minorias no Governo de técnicos guiado pelo primeiro-ministro, Haider al Abadi, para diminuir pelos menos em parte a marginalização dos cristãos e outras minorias nos últimos tempos. É o que referem fontes iraquianas consultadas pela Agência Fides. As mesmas fontes informam que neste 21 de fevereiro, os parlamentares representantes das minorias enviaram ao presidente da assembleia parlamentar, o sunita Salim al Juburi, um pedido oficial de modificação do artigo 26 da lei nacional, que de fato impõe a passagem automática para a religião islâmica os menores, quando um dos pais se converte ao Islã.
Com tal iniciativa, os parlamentares representantes das minorias pretendem solicitar a colocação em prática da resolução de alteração da lei que a Assembleia parlamentar adotou em maioria já na metade de novembro passado. A resolução recebeu o apoio de 140 parlamentares dos 206, mas depois daquele voto não foi feita nenhuma alteração no texto de lei contestado. (GV) (Agência Fides 25/2/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network