ÁFRICA/EGITO - O Patriarca Tawadros celebra o funeral de Boutros Ghali, “defensor da paz”

Sexta, 19 Fevereiro 2016 política internacional  

Cairo (Agência Fides) – Boutros Boutros Ghali foi “um homem fiel à sua nação”, que “defendeu a paz em todos os papéis que assumiu”. Assim o Patriarca copta ortodoxo Tawadros II homenageou a figura do político e diplomata egípcio, que morreu aos 93 anos em 16 de fevereiro, durante o funeral celebrado por ele na quinta-feira, 18 de fevereiro, na catedral copta do Cairo. De fé cristã copta, Boutros Ghali foi de 1992 a 1996 o primeiro Secretário-Geral da ONU nascido na África. A sua confirmação à frente do organismo internacional para um segundo mandato tornou-se impraticável devido a um veto expresso pelos Estados Unidos.
Antes das exéquias na Catedral, foi prestada ao diplomata egípcio uma homenagem civil e militar na área de uma mesquita da periferia da capital egípcia, na presença do Patriarca copta, do Presidente egípcio Adel Fattah al Sisi e do Xeique Ahmed al Tayyeb, Grande Imã de al-Azhar. O caixão de Boutros, envolvido com a bandeira egípcia, foi então conduzido à Catedral. Diplomatas egípcios, africanos e europeus participaram da celebração.
Nos dias passados, também o Papa Francisco havia enviado um telegrama de pesar ao Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon, em que agradecia pela sua vida dedicada “ao generosos serviço ao seu país e à comunidade internacional”.
(GV) (Agência Fides 19/2/2016).


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network