OCEANIA/AUSTRÁLIA - O verdadeiro significado da festa de São Valentim: Catholic Mission exorta os australianos ao amor e ao altruísmo

Sexta, 12 Fevereiro 2016 solidariedade  

Jay Kleeman

Sidney (Agência Fides) – Enquanto os australianos estão se preparando para comprar bombons e flores no Dia dos Namorados, num comunicado enviado à Agência Fides Catholic Mission quer recordar o verdadeiro significado desta data, que vai além das caixas em forma de coração. “São Valentim foi um sacerdote extraordinariamente corajoso, que se fez decapitar em defesa da sagrada instituição do matrimônio”, explica padre Brian Lucas, diretor nacional de Catholic Mission. “É preciso voltar no tempo, quando o imperador romano Cláudio II pensava que o matrimônio fosse tão prejudicial para seus jovens soldados que acabou por proibi-lo.” O terceiro século depois de Cristo foi um período tumultuado para o império romano, e a proibição total do matrimônio deixou os jovens frustrados e em busca de um modo para expressar seu amor. “São Valentim – continua pe. Brian – casou secretamente os jovens casais segundo o rito cristão. A história narra que foi agredido, torturado e decapitado por esta sua corajosa decisão. Além disso, segundo uma teoria popular, um dos seus carnífices, chamado Asterius, tinha uma filha cega. São Valentim rezou por ela e esta foi curada, surpreendendo Asterius, que se tornou cristão. As últimas palavras ditas pelo santo foram encontradas num bilhete rascunhado pela filha de Asterius, em que se lê: ‘uma linha que será comum às cartas de outras milhões de pessoas de todo o mundo nesta data: do seu Valentim’, conclui o diretor de Catholic Mission. Na festa de São Valentim, Catholic Mission quer exortar todos os australianos a estar conscientes da coragem e do altruísmo das ações de São Valentim, e o seu empenho pelo verdadeiro significado do amor. (AP) (12/2/2016 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network