AMÉRICA/BRASIL - “Não criar pânico, juntos seremos capazes de vencer essas doenças”, exortam os Bispos

Sexta, 5 Fevereiro 2016 áreas de crise   conferências episcopais   cooperação   catástrofes naturais  

A Organização Mundial da Saúde lançou um alerta global

Brasília (Agência Fides) – "Com um grande mutirão, que envolva todos os setores da sociedade, seremos capazes de vencer estas doenças que atingem, sem distinção, toda a população brasileira": assim se lê na mensagem do Conselho Episcopal Pastoral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), publicada pela sua presidência em 4 de fevereiro. No texto, enviado a Fides, a CNBB convida toda a Igreja no Brasil a prosseguir e intensificar a luta contra o mosquito aedes aegyti, que transmite a dengue, o zika vírus e o chikungunya.
Por sua provável ligação com casos de microcefalia, a CNBB adverte, contudo, que as informações sobre esta doença "não devem nos levar ao pânico". Além disso, destaca que uma situação do gênero "não justifica defender o aborto para os casos de microcefalia como, lamentavelmente, propõem determinados grupos que se organizam para levar a questão ao Supremo Tribunal Federal num total desrespeito ao dom da vida".
A Organização Mundial da Saúde lançou um alerta global sobre a difusão do zika vírus (veja Fides 29/01/2016). O Brasil é o país que até agora apresenta o maior número de casos. O governo mobilizou o exército e, segundo as últimas notícias, o Ministério da Saúde comunicou que foram registrados 404 casos de bebês nascidos com microcefalia.
(CE) (Agência Fides, 05/02/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network