http://www.fides.org

Recensão

2003-10-10

Stefania Falasca – MEU IRMÃO ALBINO – Recordações e memórias da irmã do Papa Luciani - Ed. 30GIORNI

Vinte e cinco anos após a morte do Papa João Paulo I (Albino Luciani), será publicada esta original e intensa biografia escrita através de recordações pessoais da sua irmã menor, Antonia. Enriquecido com a reportagem fotográfica de Massimo Quattrucci, o livro repercorre a vida do futuro Papa contando episódios inéditos da sua vida quotidiana, passagens reveladoras da sua personalidade e da sua simplicidade, que permitiram que ele entrasse imediatamente em comunicação com o mundo inteiro. No prefácio do livro, o Cardeal Aloisio Lorscheider escreve: “O Papa que teve um pontificado muito breve – no total 33 dias – conseguiu, no entanto, impressionar todo o mundo e deixou uma preciosa herança. Um Papa que suscitou muita esperança e demonstrou que ainda era possível sorrir. O sorriso do Papa Luciani... Quanto bem fez!” E também o senador italiano, Giulio Andreotti, na apresentação: “Não é realmente permitido interpretar aquilo que Deus quer ou consente... Dom Albino recebeu de Paulo VI o testemunho para transmiti-lo a uma cardeal que na sua experiência pessoal tinha sofrido as perseguições que os ditadores de esquerda e de direita infligiram à Igreja”. Por meio de uma séria de conversações em família, este livro mostra de perto Papa Luciani, e passados 25 anos, ele nos é restituído na intimidade da sua vida e na sua atraente simplicidade evangélica.
(S.L.) (Agência Fides 10/10/2003 – Linhas 15; Palavras 214)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network