ÁSIA/PAQUISTÃO - O católico Paul Bhatti espera a revogação da lei sobre a blasfêmia

Quinta, 14 Janeiro 2016 blasfêmia  

Islamabad (Agência Fides) - A campanha para a abolição da lei sobre a blasfêmia no Paquistão tem entre seus atores o católico Paul Bhatti, irmão de Shahbaz Bhatti, Ministro das Minorias assassinado em 2 março de 2011 por um terrorista, e ex-ministro do Paquistão para a Harmonia e Minorias.
Paul Bhatti, falando numa conferência recente sobre a perseguição dos cristãos no mundo, recordou a obra de Shahbaz Bhatti, defensor dos direitos e da vida dos cristãos no Paquistão e ativista contra a lei da blasfêmia, ressaltando que seu compromisso político nasceu após a morte de seu irmão (antes Paul era médico). Hoje, Bhatti optou por continuar seguindo o legado político, moral e espiritual de Shahbaz, tentando conscientizar a população do Paquistão sobre questões como “o ódio ao Ocidente cristão”, que muitas vezes é a raiz de muitos males e tanta violência que acontece no país. Daí a escolha corajosa de aderir abertamente à campanha para a abolição da lei sobre a blasfêmia (que pune com prisão perpétua ou pena de morte a difamação do Islã, do Profeta Maomé e do Alcorão) que poderia causar ações de grupos radicais islâmicos violentos. (PA) (Agência Fides 14/1/2016)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network