http://www.fides.org

Africa

2003-10-03

ÁFRICA/SENEGAL - A ASSEMBLÉIA PLENÁRIA DOS SECAM/SCEAM. RENOVAR-SE PARA DAR UM IMPULSO AINDA MAIOR À ANIMAÇÃO MISSIONÁRIA

O objetivo da reunião é aquela de dar um novo impulso à animação missionária e à coordenação entre os componentes do SECAM/SCEAM, tendo conta os seguintes princípios:
1) Considerar o Sínodo especial para a África, ocorrido em Roma em 1994, como um novo ponto de partida: as suas opções, orientações e diretivas constituem um farol que deve iluminar a missão na África;
2) Fazer da solidariedade pastoral da Igreja família de Deus e as duas asas da ação do Simpósio;
3) Conceber o SECAM/SCEAM como uma estrutura de ligação e coordenação entre as Conferências Episcopais: que inspira, encoraja, propõe, sugere e coordena de maneira ainda mais eficaz; e que faz refletir juntos os Bispos sobre os desafios e as problemáticas da evangelização na África;
4) Considerar o SECAM/SCEAM como um observatório da vida da Igreja na África que coordena as diversas iniciativas pastorais e dispersas no continente;
5) Fazer do SECAM/SCEAM um lugar de análise das necessidades da Igreja: e de todos aquelas situações que podem influenciar positivamente ou negativamente o seu ministério. Nesta visão, o SECAM/SCEAM deve integrar duas dimensões de sua ação: a serviço da base, para ajudar as conferências episcopais nacionais e regionais a cumprir a sua missão; a nível continental, no criar fórum de discussões sobre temas que dizem respeito a toda a África.

O SECAM/SCEAM conservará a sua estrutura composta de: Assembléia plenária, que reúne a cada 3 anos todos os bispos do continente; comissão permanente composta pelos presidentes das Conferências Episcopais regionais; Conselho de Presidência com um Presidente assistido por dois Bispos, provenientes das três regiões lingüísticas da África (inglês, francês e português); Secretaria Geral; Comitê para os assuntos africanos que acompanha a situação dos países em conflito e das Conferências Episcopais em contraste com os próprios governantes; uma série de departamentos e ofícios aos quais se juntam aquele do “Justiça e Paz” e “Evangelização”.
(L.M) (Agência Fides 3/10/2003; linhas: 33; palavras: 327)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network