http://www.fides.org

America

2003-10-02

VATICANO - O PAPA NA AUDIÊNCIA GERAL: “OS NOSSOS PASSOS INCERTOS SÃO SUSTENTADOS PELO BRILHO DA VERDADE QUE CRISTO DIFUNDE NO MUNDO E NA HISTÓRIA” – “ABANDONAI-VOS CONFIANTES NAS MÃOS DE MARIA, INVOCANDO-A INCESSANTEMENTE COM O ROSÁRIO”

Cidade do Vaticano (Agência Fides) – Quarta-feira, 1º de Outubro, o Santo Padre João Paulo II conferiu a audiência geral como de costume, na Praça de São Pedro, e concluiu o ciclo de catequeses sobre Salmos e Cânticos propostos nas Laudes, comentando o “Benedictus” (Lc 1,68.76.78-79), “o Cântico entoado pelo pai de João Batista, Zacarias, porquanto o nascimento daquele filho mudara a sua vida, cancelando a dúvida que o havia emudecido, uma punição significativa pela sua falta de fé e de louvor “.
“Estamos diante de uma bênção que proclama as ações salvíficas e a libertação oferecida pelo Senhor ao seu povo – explicou o Santo Padre. É, portanto, uma leitura “profética” da história, ou seja, a descoberta do sentido íntimo e profundo de todos so acontecimentos humanos, guiados pelas mãos escondidas mas atuante do Senhor, que se une àquela mais frágil e incerta do homem”.
Adentrando na explicação do Cântico evangélico, o santo Padre destacou como o seu vértice se encontra em uma frase quase conclusiva: «sobre nós fará brilhar o Sol nascente». Com Cristo, portanto, aparece a luz que ilumina cada criatura e a humanidade evolvida «nas sombras da morte» é iluminada por este fulgor de revelação. “ este sol «guiará os nossos passos sobre os caminhos da paz». “Nos movamos tendo como ponto de referência aquela luz; e os nossos passos incertos, que durante o dia muitas vezes se desviam para estradas obscuras e escorregadias, são mantidas pelo brilho da verdade que Cristo difunde no mundo e na história”.
No final da catequese, saudando os peregrinos nas diversas línguas, o Papa novamente convidou à recitação do Rosário com estas palavras: “Começa hoje o mês de Outubro, que adquire particular significado neste ano dedicado ao Santo Rosário. Convido a vós, caros jovens, caros doentes e caros recém-casados a recitarem com devoção esta oração tão cara à tradição do povo cristão. Abandonai-vos confiantes nas mãos de Maria, invocando-a incessantemente com o Rosário, meditação orante dos mistérios de Cristo”.
O texto integral do discurso do Santo Padre, plurilíngüe, está disponível em nosso site www.fides.org.
(S.L) (Agência Fides 2/10/2003 – linhas: 32; palavras: 377)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network