http://www.fides.org

Especial

2005-04-11

O primeiro documento oficial promulgado fora do Vaticano: João Paulo II assinou a Exortação Apostólica pós-sinodal durante a sua 11ª viagem apostólica à África

Cidade do Vaticano (Agência Fides) - Em 14 de setembro de 1995, o Santo Padre João Paulo II deixou Roma para sua 67ª viagem internacional, que o levaria pela décima-primeira vez à África, tocando três Países: Camarões, África do Sul e Quênia. A ocasião foi a fase celebrativa da Assembléia especial do Sínodo dos Bispos, dedicada à África e ao Madagascar, realizada no Vaticano de 10 de abril a 8 de maio de 1994. Por ocasião daquela viagem, foi publicada a Exortação Apostólica pós-sinodal “Ecclesia in África”. Pela primeira vez, um documento oficial foi assinado pelo Santo Padre fora da Cidade do Vaticano e de Roma.
Na tarde de quinta-feira, 14 de setembro de 1995, João Paulo II chegou a Iaondé, capital dos Camarões, que o Papa já havia visitado em 1985. Na manhã de 15 de setembro, o Papa presidiu a concelebração eucarística no aeroporto militar e em seguida, à tarde, a Sessão Sinodal da Assembléia especial para a África do Sínodo dos Bispos, na Catedral de Nossa Senhora das Vitórias.
Sábado, 16 de setembro, após despedir-se de Camarões, o Santo Padre partiu para Joanesburgo: pela primeira vez, a África do Sul acolheu o Pontífice. Domingo, 17 de setembro, o Papa presidiu a celebração eucarística no hipódromo de Germiston (Joanesburgo) e à tarde, na Catedral de Cristo Rei, a Sessão sinodal.
Segunda-feira, 18, após deixar a África do Sul, João Paulo II chegou à última etapa de sua viagem apostólica: Nairóbi. Era a terceira visita de João Paulo II ao Quênia, após 1980 e 1985. Terça-feira, 19 de setembro, o Papa presidiu, de manhã, a concelebração eucarística em Uhuru Park e à tarde, a Sessão Sinodal no Santuário de Resurrection Garden, de Nairóbi. O Papa retornou a Roma na tarde de 20 de setembro de 1995. (S.L.) (Agência Fides 11/4/2005)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network