EUROPA/ITÁLIA – Ongs juntas pelos direitos das pessoas com deficiências

Quarta, 10 Dezembro 2014

Milão (Agência Fides) – No mundo, 1 bilhão de pessoas são portadoras de deficiência, 80% delas vivem em países em desenvolvimento, e destas, 93 milhões são crianças, que nos países mais pobres têm muito poucas chances de acessar ao ensino, por causa dos impedimentos culturais e também da ausência de estruturas adequadas e de professores especializados. Quando conseguem ir à escola, as crianças com deficiências são quase sempre separadas de seus coetâneos e educadas e classes especiais, agravando a condição de exclusão em que já vivem. Por ocasião do Dia Internacional dos Direitos Humanos, que se celebra hoje, a Ong CBM Itália apresenta o projeto da escola inclusiva Bethany, realizada na Índia em 1983, porque na região nordeste de Shillong não existiam escolas para crianças com deficiências visuais. Hoje a escola é oficialmente reconhecida pelo Governo de Meghalaya e pelo Ministério da Educação, pois pratica uma metodologia que pode ser replicada em toda a Índia. Em 2013, a escola teve um número quase igual de crianças com deficiências e sem (125 deficientes e 114 ‘normais’). Este ano, 58 estudantes foram admitidos em cursos de estudo regulares superiores: 40 estudantes com deficiência e 18 não-deficientes. Destes, foram aprovados com nota máxima 39 alunos com deficiência e 9 sem deficiências. Em apenas um ano, a CBM manteve 47.374 alunos com deficiência favorecendo sua integração em escolas inclusivas. A Ong também assiste 25 milhões de pessoas por ano nos países mais pobres do mondo. (AP) (10/12/2014 Agência Fides)


Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network