http://www.fides.org

News

2014-08-27

ÁFRICA/CAMARÕES - Boko Haram ameaça o norte dos Camarões

Yaoundé (Agência Fides) – A seita islâmica nigeriana Boko Haram amplia suas atividades a Camarões, travando confrontos com os militares de Yaoundé, nas redondezas da cidade de fronteira de Ashigashiya.
Segundo a imprensa, os milicianos já teriam conquistado a parte nigeriana da cidade e estariam prontos a conquistar a área que se situa em território camaronense (as duas partes da cidade são divididas por um riacho). Uma fonte local disse à Agência France Press que durante um ataque noturno na área camaronense, os milicianos do Boko Haram teriam degolado três pessoas no altar da igreja católica local.
A 250 km de Ashigashiya, os guerrilheiros do Boko Haram que conquistaram a cidade nigeriana de Gamboru Ngala tentaram explodir a ponte que une a Nigéria aos Camarões, depois que o exército de Yaoundé rechaçou o ataque contra a cidade de fronteira de Fotokol, onde se refugiaram os soldados nigerianos que defendiam a área.
Em 27 de julho, o vice-Premiê de Camarões escapou de uma tentativa de sequestro efetuada pelo Boko Haram em Kolofata (no extremo norte de Camarões), durante a qual, a esposa do político foi sequestrada. A mulher está ainda nas mãos da seita islâmica. Segundo fontes locais, há alguns dias não há notícias do principal negociador nas tratativas pela libertação dos reféns estrangeiros sequestrados pelo Boko Haram no território dos Camarões. Dentre estes, estão dois sacerdotes Fidei Donum e uma freira canadense libertados em 31 de maio. O deputado Abba Malla desapareceu depois de dar um telefonema a um colaborador, afirmando ter ido ao Estado nigeriano de Borno para negociar a libertação de operários chineses sequestrados em meados de maio no norte dos Camarões. (L.M.) (Agência Fides 27/8/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network