http://www.fides.org

News

2014-08-01

AMÉRICA/COLÔMBIA – A Igreja: deter a violência, mas não criar obstáculo ao diálogo de paz

Bogotá (Agência Fides) – “A escalada da violência deve ser detida”: é o apelo lançado pelo Presidente da Conferência Episcopal da Colômbia (CEC), Dom Luis Augusto Castro Quiroga. O prelado disse que a Igreja condena a escalada de violência que se registra no país nas últimas semanas e reiterou que este cenário “não deve significar um obstáculo para as negociações de paz que se realizam em Havana”.
A nota enviada à Fies pela CEC refere que Dom Castro Quiroga reconheceu que é “um desafio difícil para o Estado” porque as Forças Armadas devem colocar um limite aos ataques sem envolver o processo de paz.
Nas últimas semanas, houve atentados das FARC e do ELN contro infraestruturas do Estado, como transportes, aquedutos e torres de transmissão e eletricidade. O presidente Santos fez uma advertência sobre a “situação no limite da tolerância”, afirmando que poderia parar com o diálogo de paz. A comunidade internacional condena a violência mesmo porque o último atentado (ontem à noite em Cauca) provocou muitos danos materiais e a morte de uma menina de apenas dois anos. (CE) (Agência Fides, 1/08/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network