http://www.fides.org

News

2014-07-22

ÁSIA/ÍNDIA - A violência religiosa em crescimento em Uttar Pradesh

Lucknow (Agência Fides) - A violência com base na religião e ódio disseminado por grupos extremistas hinduístas estão aumentando no Estado indiano de Uttar Pradesh, no norte da Índia. É o que denuncia à Agência Fides a Comissão sobre Liberdade Religiosa da "Evangelical Fellowship of India", condenando os recentes incidentes que têm visto os cristãos como vítimas de atos violentos de intolerância.
A Comissão recorda ao "ataque covarde" contra a Igreja do Nazareno em Sehkari Nagar ocorrido em 16 de julho de 2014, afirmando que "é o resultado direto do rápido crescimento do radicalismo religioso em Uttar Pradesh". De acordo com a história de pastores protestantes e outros membros de várias igrejas locais, o ataque contra a Igreja do Nazareno é o trabalho de um grupo de ativistas do "Bajrang Dal", formação de militantes hinduístas. Os agressores, disse à Fides, foram conduzidos por Hemant Singh, identificado como o coordenador do "Bajrang Dal" na área. O grupo saqueou a igreja, bateu no pastor, quebrou a cruz e outros móveis da igreja.
O reverendo Paul, vítima da agressão, disse que “os militantes entraram de repente e começaram a bater nos fiéis e destruir tudo, profanando o altar, e depois içaram uma bandeira de cor açafrão (a cor dos extremistas hinduístas, ndr) na porta da igreja” Os cristãos apresentaram uma queixa formal e a polícia local fez algumas prisões, mas os militantes fizeram protestos exigindo a libertação dos presos.
Outros episódios violentos ocorreram recentemente em Uttar Pradesh: em 7 de julho de 2014, uma igreja no povoado de Saraiya foi atacada por extremistas hinduístas e houve ameaças e outros casos menores. Os fiéis no estado pedem a Akhilesh Yadav, primeiro-ministro de Uttar Pradesh, para tomar conhecimento destes ataques contra a comunidade cristã e iniciar uma ação urgente para protegê-las. (PA) (Agência Fides 22/7/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network