http://www.fides.org

News

2014-07-05

ÁSIA/IRAQUE - Em Kirkuk, as Igrejas assistem os refugiados muçulmanos durante o Ramadã

Kirkuk (Agência Fides) – Na cidade de Kirkuk, as Igrejas estão intensamente empenhadas na assistência aos refugiados – em grande maioria muçulmanos – que fugiram de Mossul e dos vilarejos sob controle dos insurgentes sunitas, no norte do Iraque. Fontes locais, consultadas pela Agência Fides, referem que todos os recursos econômicos colocados à disposição pela Igreja caldeia são destinados à distribuição cotidiana de cestas a mais de 500 núcleos familiares de deslocados, abrigados em mesquitas, escolas, centros esportivos e albergues. As famílias cristãs que chegaram a Kirkuk depois da ofensiva das milícias dos insurgentes – guiados pelos jihadistas do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIL) – são menos de 50. Nos próximos dias, a comunidade caldeia de Kirkuk deve inaugurar uma nova iniciativa para distribuir aparelhos de ar condicionado às famílias que vivem amontoadas em espaços restritos, para tornar suportável o calor sufocante para os muçulmanos que estão vivendo o mês sagrado do Ramadã. Desde o dia 9 de junho, diante da ofensiva dos milicianos do ISIL, Kirkuk acabou sob pleno controle das milícias curdas dos Peshmerga. Os soldados curdos organizaram em volta da cidade duas linhas de defesa militar que até agora dissuadiram ataques e incursões da parte das milícias sunitas em ação no confuso cenário do norte do Iraque. A cidade nem sequer vive os problemas de abastecimento de água e de energia que atingiram Mossul e os povoados da Planície de Nínive. (GV) (Agência Fides 5/7/2014).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network