http://www.fides.org

News

2014-06-24

ÁSIA/NEPAL - Presos 40 líderes cristãos por “conversões forçadas”: liberdade religiosa em risco

Katmandu (Agência Fides) – Mais de 40 líderes cristãos foram presos, e posteriormente libertados, sob a acusação de “conversões forçadas de hindus”. Como apurado pela Fides, a polícia nepalesa executou a série de detenções dos líderes de comunidades cristãs protestantes, em 13 de junho passado, pressionada por líderes hindus nepaleses, mas somente agora a notícia foi difundida. As prisões “constituem uma ameaça inquietante à liberdade religiosa no Nepal” denuncia uma nota enviada à Fides pela Ong “Barnabas team”. As detenções são sinal de intolerância com as minorias: uma multidão de hindus se reuniu fora da prisão, ameaçando uma revolta se os cristãos fossem libertados. A maioria dos detentos foi libertada poucas horas depois da prisão, mas 8 líderes permaneceram sob custódia até 15 de junho. Segundo fontes locais, os hinduístas no Nepal, inspirados por movimentos fundamentalistas na Índia, “estão à procura de protestos contra os cristãos”.
Numa recente visita ao Nepal, no início de junho, Bhagat Singh Koshiyari, vice-presidente do partido nacionalista indiano “Bharatiya Janata Party” (BJP), que venceu as eleições gerais na Índia, em maio, exortou os líderes civis nepaleses a “banirem imediatamente as conversões religiosas”, alegando que “os países ocidentais promovem o proselitismo no Nepal, prejudicando o hinduísmo, desde quando se tornou um estado laico, em 2006”.
A tentativa do BJP de influenciar os líderes do Nepal acontece enquanto a Assembleia constituinte do pequeno país está em fase de elaboração de uma nova Constituição, tão esperada. Os cristãos estão preocupados e desejam que seus direitos e liberdades fundamentais, como a de expressão e religião, sejam respeitadas na nova Carta. (PA) (Agência Fides 24/6/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network