http://www.fides.org

News

2014-06-23

ÁFRICA/ÁFRICA DO SUL - Assassinada uma missionária estadunidense que dedicou a sua vida aos órfãos sul-africanos

Johannesburg (Agência Fides) – A polícia sul-africana prendeu dois homens suspeitos de terem assassinado uma religiosa estadunidense de 82 anos, irmã Mary Paule Tacke, da Congregação das Irmãs missionárias do Preciosíssimo Sangue (CPS), conhecidas também como Missionárias de Mariannhill, no decorrer de uma tentativa de assalto, não obstante as investigações ainda estejam em andamento.
Segundo as informações levantadas pela Agência Fides, o carro de Ir. Mary foi parado por alguns bandidos no domingo, 15 de junho, nas proximidades de Mthatha, enquanto a religiosa se dirigia a um dos orfanatos fundados por ela. O carro, com os bandidos a bordo, foi sucessivamente seguido pela polícia. A perseguição terminou quando o veículo, dirigido por bandidos, capotou nas proximidades de Qokolweni. Os assaltantes conseguiram fugir. A bordo do carro foi encontrado um revólver, mas não havia sinais da religiosa. Depois de dias de buscas, o corpo da Ir. Mary foi encontrado em 20 de junho, num riacho no vilarejo de Tyara, a 60 km de Mthatha. O corpo não apresentava sinais de tiros ou agressões. A polícia considera que a religiosa tenha sido estrangulada. No seu bolso, havia a carteira com dinheiro, carteira de motorista e as chaves de casa.
Irmã Mary era originária de Cottonwood, em Idaho, e atuava na África do Sul desde a década de 50 do século passado. Fundou o Bethany Place of Safety (um orfanato para crianças abandonadas) em 1955, depois que alguns policiais lhe confiaram alguns órfãos. A seguir, fundou outro orfanato, o Thembelihle Home, para crianças maiores, muitas das quais são soropositivas. (L.M.) (Agência Fides 23/6/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network