http://www.fides.org

Dossiê

2005-01-15

A EUROPA DAS RELIGIÕES: A ESPANHA E O ISLÃ

Na Espanha, existem cerca de 600 mil muçulmanos, dos quais quase 6 mil convertidos. A imigração islâmica teve início há cerca de 15 anos.
Diversas são as comunidades e os referentes religiosos muçulmanos. Na Espanha, existem 74 mesquitas e 139 associações. Proliferaram, em seguida, como na França, as mesquitas-garagem, onde se prega a violência. A maior parte dos imãs dessas mesquitas, de fato, seria pago por países árabes ou por seitas radicais. O governo espanhol, na tentativa de controlar este fenômeno, encarregou o Ministério do Interior de introduzir um registro obrigatório para catalogar as mesquitas, principalmente aquelas pequenas, que se encontram em lugares informais, e individuar os imãs.

A EUROPA DAS RELIGIÕES: A ESPANHA E O ISLÃ
Quadro geral
Estatuto jurídico do estrangeiro
Tabelas estatísticas
Existe uma imigração impossível de se integrar?
Imigração e delinquência
Islã na Espanha

- Não às mulheres no governo
- Golpe sujo
- Mais de 200 associações
- Mesquitas, escolas e jornais para 600 mil islâmicos
- Estrutura
- O poder ortodoxo
- O livro do Imâme que bate em mulheres
- Os médicos se recusam a realizar ‘testes de virgindade’ às muçulmanas
- Infibulação
- Na prisão, o filho do imâme de Ceuta pede para se encontrar com suas quatro esposas
- Denúncia de um imâme por apologia do Holocausto
- Os imâmes pedem dinheiro ao Estado, como os sacerdotes
- A Igreja católica oferece um local para os muçulmanos rezarem a Allá
- O caso de Mansur Escudero

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network