http://www.fides.org

News

2014-05-07

ÁFRICA/ÁFRICA DO SUL - “Cuidado para que não voltem novas formas de discriminação racial”, recorda o Cardeal Napier aos eleitores

Johanesburgo (Agência Fides) – Mais de 25,3 milhões de sul-africanos são chamados hoje, 7 de maio, às urnas para eleger o novo Parlamento. Por sua vez, os deputados elegerão em 21 de maio o Chefe de Estado. O atual Presidente, Jacob Zuma, líder da ANC (African National Party), é apontado como favorito.
No debate eleitoral, um dos temas em discussão foi a corrupção da classe dirigente, um problema citado também pelo Cardeal Wilfrid Napier, Arcebispo de Durban, numa recente entrevista à Agência Fides (veja Fides 2/5/2014). Na entrevista, o Cardeal Napier recordou os progressos feitos nos últimos 20 anos para criar uma sociedade sul-africana mais coesa, capaz de superar progressivamente as divisões de raça ou de outro tipo. Num artigo escrito pelo órgão dos Bispos sul-africanos, “The Southern Cross”, o Cardeal Napier expressa todavia preocupação por algumas novas leis, como “Affirmative Action”, “Black Economic Empowerment” “Broad-Based Black Economic Empowerment”, que correm o risco de introduzir novamente a classificação dos cidadãos sul-africanos com base na raça e, além do mais, envolvendo os jovens nascidos depois de 1994 que não conheceram o apartheid.
O Cardeal critica ainda a abolição da equipe especial de polícia “Scorpion”, que tinha conduzido importantes investigações contra a corrupção, e a aprovação de leis de segurança (com o pretexto da luta ao terrorismo) que recordam aquelas em vigor no tempo do apartheid. Algumas dessas leis limitam a liberdade de imprensa de publicar revelações constrangedoras sobre os últimos escândalos governamentais. (L.M.) (Agência Fides 7/5/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network