http://www.fides.org

News

2014-05-05

ÁFRICA/SUDÃO DO SUL - “5 mil fiéis em situação desesperada”, denuncia o vice-pároco de Abyei

Juba (Agência Fides) – Mais de 5.000 desabrigados estão em graves condições na área de Agok, nas redondezas de Abyei, no confim entre o Sudão e o Sudão do Sul. Estas pessoas, provenientes do Estado de Unidade, estão sem abrigo, alimentos, cuidados médicos e qualquer serviço básico. Segundo pe. Biong Kuol, Vice-pároco na região de Abyei, entrevistado pela Catholic Radio Network, a situação dos desabrigados está ainda muito difícil, não obstante os esforços da Caritas local, que não são suficientes para atender à chegada de novos refugiados provenientes das áreas de Dinam e Mayom, em fuga dos combates entre forças governamentais fiéis ao Presidente Salva Kiir e os rebeldes do ex Vice-Presidente Riek Machar.
Os desalojados estão reunidos, ao ar livre, em três campos sem reparo. Pe. Kuol fez um apelo às autoridades para que intervenham para salvar a vida destas pessoas, e criticou os responsáveis políticos que subestimam os sofrimentos da população inocente.
O confronto entre o Presidente Kiir e o seu ex Vice assumiu uma dimensão étnica, pois o primeiro é Dinka e o segundo, Nuer. Pe. Kuol denunciou a manipulação política das etnias, recordando que em Abyei, Nuer e Dinka sempre viveram juntos pacificamente.
As violências e tensões étnicas não se reduzem no Sudão do Sul, ao ponto que os Nuer acolhidos nos campos de refugiados na capital, Juba, pediram para ser transferidos a estruturas de acolhimento nos países limítrofes, por medo de represálias, visto que são considerados pelo governo como membros da insurreição. (L.M.) (Agência Fides 5/5/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network