http://www.fides.org

News

2014-04-16

ÁSIA/CINGAPURA – O Arcebispo Goh: Páscoa nos convida a "proclamar o Evangelho com alegria e compaixão"

Cingapura (Agência Fides) - A Páscoa convida todos os fiéis a "proclamarem o Evangelho com alegria em nossa realidade de Cingapura": é o que diz na mensagem de Páscoa, dirigida a todos os fiéis, o Arcebispo de Cingapura, Dom William Goh. No texto da mensagem, enviada à Fides, Dom Goh recorda que a Ressurreição significa "vencer o desespero com esperança, vencer o ódio com o amor, a injustiça com o perdão", e propõe aos fiéis três elementos de reflexão. O primeiro é "a nova vida em Cristo": "O triunfo de Deus sobre a cruz cancela o pecado e a morte de uma vez por todas, e nos dá uma nova esperança. Como filhos da esperança, tentamos nos libertar da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, e viver como novas criaturas em Cristo","como filhos ressuscitados" nas circunstâncias cotidianas, na vida pessoal, familiar e profissional.
O segundo ponto é o “encontro pessoal com o Senhor ressuscitado”, que é a mensagem central da Páscoa, ressalta o Arcebispo. "A presença dos discípulos ao Sepulcro nos faz refletir: somente quando nós experimentamos este encontro, podemos conhecer o amor do Pai", explica a mensagem, convidando os fiéis "a uma vida cristocêntrica". O encontro com Cristo, de fato, "é uma experiência que envolve o coração, a mente e o corpo" e do encontro com o Cristo Ressuscitado, que "não é uma mera compreensão intelectual da fé, encontramos a força para passar por provações e desafios da vida".
O Arcebispo conclui, o terceiro ponto, convidando a "seguir em frente com alegria": "O Evangelho é a fonte de nossa alegria e deve ser proclamado com alegria e paixão" na realidade de Cingapura. "Deve ser apresentado como algo bonito: esta beleza é Jesus Cristo, o Senhor Ressuscitado que vem para nos dar vida em abundância, a alegria que o mundo não pode dar e a verdade que nos torna livres". O texto termina com uma calorosa "boas-vindas" aos irmãos recém batizados e com a esperança de que eles possam ser preenchidos pela graça de Deus. (PA) (Agência Fides 16/4/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network