http://www.fides.org

News

2014-04-08

AMÉRICA/ESTADOS UNIDOS - “A desintegração da família”, o grave problema dos migrantes

Laredo (Agência Fides) – "A desintegração da família é o primeiro problema que sofrem os migrantes de ambos os lados da fronteira entre México e Estados Unidos, e esta situação preocupa os Bispos", disse DomJames Anthony Tamayo, Bispo da diocese de Laredo (Texas, EUA), que presidiu a reunião entre bispos das dioceses de fronteira, que se realizou na cidade de Laredo e se concluiu no domingo, 6 de abril.
"Neste encontro, falamos muito de questões importantes do âmbito pastoral – disse Dom Tamayo na nota enviada à Agência Fides por uma fonte local -, como a preparação e a celebração dos sacramentos para as pessoas que vivem em ambos os lados da fronteira, que devem ser ministrados segundo as normas da Igreja universal". O Bispo de Laredo também pediu às comunidades que se encontram na fronteira que não excluam os migrantes das várias atividades realizadas.
O encontro, depois de três dias de trabalho, se concluiu com a Missa na Catedral de San Agustín, concelebrada pelos Bispos participantes, provenientes das dioceses de Matamoros (México), Brownsville (EUA), Laredo (EUA), Nuevo Laredo (México), Saltello (México), Piedras Negras (México), San Ángelo (EUA), San Antonio (EUA) e Nuevo Casas Grandes (México). Somente poucos dias atrás (veja Fides 02/04/2014), o Cardeal Sean Patrick O’Malley, O.F.M. Cap., Arcebispo de Boston (EUA), celebrou uma Missa no Arizona, na fronteira com o México, durante a qual recordou os mais de 6.000 mortos registrados em 15 anos somente na fronteira de Nogales, enquanto hoje existem 11 milhões de pessoas sem documentos à espera de um futuro. (CE) (Agência Fides, 08/04/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network