http://www.fides.org

News

2014-04-02

ÁSIA/TURQUIA - Uma cristã síria escolhida como coprefeita de Mardin

Mardin (Agência Fides) – As eleições administrativas realizadas na Turquia no domingo 30 de março – que viram a política do Partido do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan - levaram as mulheres à cadeira de prefeito em várias cidades. Em Mardin, no confinante sudeste com a Síria, foi eleito prefeito o curdo Ahmet Türk, político de longo percurso. Mas ao lado dele, como coprefeito, estará uma jovem cristã síria de 25 anos Februniye Akyol Benno, que se tornará a primeira mulher batizada chamada para liderar a grande cidade turca no sudeste do país. Akyol Benno está fazendo um master em língua e cultura síria no Instituto Linguístico da Universidade Artuklu de Mardin. Em discursos e entrevistas publicados na mídia turca, a jovem estudiosa declarou que iria apoiar as políticas que reduzem a poluição na cidade - que aspira a ser reconhecido pela UNESCO como Património da Humanidade - e de querer combater a violência doméstica contra as mulheres e a mentalidade patriarcal que domina a cultura da região.
Nos últimos tempos se multiplicaram os sinais de atenção da liderança política turca em relação à minoria cristã síria. O próprio primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan convidou os sírios turcos imigrantes a voltarem para a Turquia. A província de Mardin tem sido o centro da hipótese de estudo para favorecer a imigração de cristãos siríos em busca de refúgio da guerra civil. As autoridades turcas também tinham construído em Mydiat (durante séculos o centro do enclave cristão-sírio na província de Mardin) um campo de refugiados reservados aos sírios, capaz de hospedar 4 mil refugiados. (GV) (Agência Fides 2/4/2014).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network