http://www.fides.org

News

2014-03-20

ÁFRICA/REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA - Aproxima-se a estação das chuvas, é necessária ajuda de emergência para os deslocados", dizem os líderes religiosos

Bangui (Agência Fides) - "Estamos aqui para ouvir o grito que nasce do fundo do coração do povo da República Centro-Africano que está enfrentando os momentos mais trágicos de sua história. Não podemos mais ficar sem fazer nada", disse Dom Dieudonné Nzapalainga, Arcebispo de Bangui, ao público no Brookings Institution, um dos principais think-tank estadunidense. Dom Nzapalainga se encontra em Washington no âmbito de uma visita que os membros da "plataforma de religioso pela paz" centro-africanos estão fazendo nos Estados Unidos para pedir um aumento da ajuda internacional para seu país (veja Fides 17/03/2014). Em particular, o Arcebispo de Bangui disse que é preciso ir além do que estão fazendo as missões africanas e francesas na República Centro-Africana (MISCA e Sangaris) e reiterou que "chegou a hora de organizar uma operação da ONU para o manutenção da paz”.
A necessidade urgente de uma intervenção da ONU também foi enfatizada pelo Pastor Nicolas Grékoyamé-Gbangou, presidente das Igrejas Evangélicas, que recordou que está se aproximando o período das chuvas. Os deslocados não têm nada para se proteger e isso certamente vai agravar a situação, já muito precária.
Os três representantes da "plataforma de religioso para a paz" (além de Dom Nzapalainga e o Pastor Gbangou, há Oumar Kobine Layama, Imame de Bangui) foram recebidos no Departamento de Estado, no Conselho de Segurança Nacional e no Congresso. Outras reuniões estão previstas com representantes do Banco Mundial e USAID (agência estadunidense de ajuda ao desenvolvimento).
Os líderes religiosos pediram ajuda no campo da justiça, da luta contra a impunidade e em prol da educação. (L.M.) (Agência Fides 20/3/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network