http://www.fides.org

News

2014-03-06

ÁFRICA/GUINÉ – Tem início a campanha para vacinar 400 mil crianças contra o sarampo

Conakry (Agência Fides) – Teve início na Guiné uma campanha de vacinação contra o sarampo, para deter a epidemia declarada pelo governo nacional em 14 de janeiro. Já foram registrados 1105 casos suspeitos, dos quais 68 confirmados e isso causou o temor de uma rápida difusão do contágio. “O sarampo é uma das doenças mais contagiosas e pode se difundir rapidamente. Atinge sobretudo as crianças e pode comportar graves complicações médicas”, explica o chefe da missão da ong de Médicos Sem Fronteiras em Conakry, que está coordenando a campanha. Em colaboração com o Ministério da Saúde, MSF enviou 32 equipes aos bairros de Matam, Matoto e Ratoma. Situadas estrategicamente próximo às pessoas mais necessitadas, em centros comunitários, casas privadas ou espaços públicos, as equipes de MSF preveem vacinar 394 mil crianças dos 6 aos 10 anos. O tratamento será completamente gratuito. A ong estima que durante a epidemia, cerca de 50 crianças atingidas pela pandemia correrão o risco de desenvolver complicações graves e potencialmente letais, e por isso serão fortalecidas estruturas de saúde específicas com tratamentos especiais para os contagiados. O sarampo pode ser evitado através de uma vacina segura e eficaz que, quando se torna parte de um programa de vacinação ordinário, é oferecida a todas as crianças a partir dos 9 meses de idade. Mas, no total, somente 37% das crianças na Guiné receberam ambas as doses necessárias para garantir uma proteção completa. Também em Conakry, a cobertura da vacinação permanece insuficiente, porque somente 80% da população foi vacinada. Como parte desta campanha de vacinação está prevista também um diagnóstico gratuito para as crianças atingidas pela doença, de modo que possam ser curada, além de curas gratuitas por eventuais complicações. (AP) (6/3/2014 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network