http://www.fides.org

News

2014-03-01

ÁSIA/KAZAQUISTÃO - Pastor cristão encarcerado: “prejudica a saúde mental das pessoas”

Astana (Agência Fides) – A pregação da fé cristã “prejudica gravemente a saúde mental das pessoas”: é a convicção dos juízes de um tribunal de Astana que, com base nesta acusação, condenou a quatro anos de detenção o Pastor cristão cazaque Bakhytzhan Kashkumayev. Como apurado pela Fides, o Pastor, responsável da “Grace Church”, na capital cazaque Astana, foi condenado por “causar graves distúrbios mentais” a uma pessoa, a mulher Lyazzat Almenova”. O Pastor deverá também pagar uma salgada multa (dois milhões de tenge, cerca de 6.500 euro, ndr) por “danos morais”. O Pastor, de 67 anos, fará apelo contra a sentença. Seu advogado, Nurlan Beysekeyev, informa a Ong “Forum 18”, afirma que se trata “de um dos casos mais estranhos jamais vistos, em termos de legalidade”, e ressalta os diversos abusos das instituições. O Pastor foi acusado pela irmã da presumível vítima. Lyazzat foi internada em um hospital psiquiátrico onde lhe foi diagnosticada “esquizofrenia paranoica”.
Outras testemunhas acusam de “conduzir uma organização religiosa que prejudica a saúde dos indivíduos para o extremismo religioso”, considerações aceitas pelos juízes de Astana. O status jurídico da “Grace Church”, há tempos no alvo das instituições do país – nota “Forum18” no texto enviado a Fides – agora pode estar em perigo. (PA) (Agência Fides 1/3/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network