http://www.fides.org

News

2014-02-20

ÁSIA/FILIPINAS – O compromisso das Igrejas cristãs com os doentes de Aids

Manila (Agência Fides) – As várias Igrejas cristãs presentes nas Filipinas querem reforçar a parceria para promover na sociedade uma visão e estratégias de ação comuns sobre a questão da Aids. Por isso, lançam uma campanha com três objetivos: “Infecções zero; discriminações zero; zero decessos”. Como informado à Fides, o compromisso das Igrejas procede em duas direções: promover a educação e sensibilizar os jovens para um estilo de vida que os afaste o máximo possível dos riscos de contágio; assistir as vítimas da doença e os soropositivos segundo critérios de escuta, acolhimento e acompanhamento humano e cristão. É o que afirmam os representantes do Conselho Mundial das Igrejas nas Filipinas, apresentando um novo estudo de setor promovido pelo Conselho e elaborado graças a uma ampla coleta de experiências de sacerdotes e leigos engajados na pastoral com os doentes de Aids.
O texto, intitulado “Acabar com estigma, discriminação, vergonha, rejeição, inação e comportamentos errados”, foi apresentado em 19 de fevereiro na “Igreja Unida de Cristo” em Manila, edifício eclesial ecumênico, onde celebram e se reúnem as comunidades cristãs de diferentes confissões. O texto reconhece que “os temas da prevenção, do tratamento e também da erradicação do vírus HIV são interligados e complexos”, como explicou o Rev. Jose Andres Sotto, Pastor cristão da Igreja Unida. “Para que a obra de combate à pandemia da Aids seja sustentável, urge enfrentar as muitas formas de injustiça que condicionam nossas relações com as pessoas atingidas pela Aids”, marcadas frequentemente pelo medo, discriminação e indiferença. As Igrejas cristãs nas Filipinas esperam se tornar “competentes” para dar sua contribuição e alcançar o objetivo “Infecções zero; discriminações zero; zero decessos”, a partir das escolas. Segundo dados da ONU, nos últimos anos, a difusão da Aids aumentou nas Filipinas, com uma média de nove infecções por dia. (PA) (Agência Fides 20/2/2014)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network