http://www.fides.org

News

2013-11-19

ÁSIA/LÍBANO - Atentado em Beirute. Padre Karam: a violência sectária contagia todo o Oriente Médio

Beirute (Agência Fides) – Mais de 20 pessoas morreram no atentado perpetrado esta manhã no sul de Beirute, não muito distante da Embaixada do Irã. Os mortos – referem nos primeiros balanços não oficiais as agências de notícias libanesas – são 23, e os feridos quase 150. Segundo as primeiras reconstruções fornecidas pelas fontes de segurança libanesa, um camicase montado numa moto fez o primeiro ataque, e logo depois explodiu um carro-bomba.
A Embaixada do Irã em Beirute, num comunicado, negou ser o objetivo do ataque, mas entre as vítimas está também responsável pela parte cultura da embaixada, Ibrahim Arsari. Na mesma área, fortaleza do movimento xiita Hezbollah, jihadistas sunitas já perpetraram nos meses passados atentados contra objetivos xiitas. As milícias de Hezbollah continuam trabalhando no território sírio em apoio ao exército governamental nas operações militares contra as facções rebeldes.
“Infelizmente”, declara à Fides Pe. Paul Karam, diretor das Pontifícias Obras Missionárias no Líbano, o atentado de hoje não é um episódio isolado. A violência sectária tem um objetivo, quer incendiar e desestabilizar todo o Oriente Médio. Agora na mira estão sobretudo o Líbano e Iraque. Por causa de seus objetivos delirantes não hesitam em matar crianças que vão à escola, adultos que vão para o trabalho o voltam para casa. Como cristãos partilhamos a dor de nosso povo e continuamos a repetir que de nenhuma forma esses atos de terror podem buscar justificativas com razões religiosas”. (GV) (Agência Fides 19/11/2013).

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network