http://www.fides.org

News

2013-11-06

ÁFRICA/CHADE - “Uma escola, uma vida”: milhares de crianças sem instrução condenadas à pobreza

N'Djamena (Agência Fides) – No Chade, a instrução pública é gratuita e obrigatória, todavia, pobreza extrema, as infraestruturas escolares carentes, a falta de material didático e a escassa preparação dos professores, transforma a educação escolar num grande desafio do qual depende em grande parte o desenvolvimento geral do país. Atualmente, 1% das crianças estão inscritas na faixa pré-escolar. Na escola elementar continua a existir uma enorme desigualdade entre a taxa de escolaridade de meninas e meninos, com mais de 20% de diferença entre ambos sexos. Por ocasião do Dia Internacional dos Direitos da Infância, que se celebrará em 20 de novembro, a Fundação ATRESMEDIA, grupo de rádio e televisão espanhol, lançou a campanha “Uma escola, uma vida” com o objetivo de reforçar a alfabetização de mais de 8 mil crianças de 17 escolas elementares da região de Mongo no Chade, construir e equipar um centro de alfabetização para a comunidade, distribuir nestas escolas materiais para aprendizagem, organizar laboratórios de leitura e escritura não somente para as crianças, mas também para o resto da comunidade, em particular para as mulheres cujo índice de alfabetização é somente de 21%. A campanha teve início em 1º de novembro e se concluirá no próximo dia 20. Na região de Mongo a educação escolar constitui um grande desafio, visto que somente 47% dos alunos que concluem a escola elementar conseguem obter a média e o índice de analfabetismo é muito alto, cerca de 67%. Os especialistas de cooperação acreditam que a educação tenha um impacto direto com a redução da pobreza e a promoção do desenvolvimento sustentável, ajuda as pessoas a terem um maior controle sobre suas vidas, amplia suas oportunidades e garante a eles um futuro digno. (AP) (6/11/2013 Agência Fides)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network