http://www.fides.org

News

2013-10-07

ÁSIA/VIETNÃ - Petição de líderes religiosos para a libertação de prisioneiros de consciência

Hanoi (Agência Fides) - Os líderes religiosos vietnamitas se unem para pedir a libertação imediata de 14 jovens católicos e protestantes atualmente detidos por causa de suas opiniões políticas. Os líderes assinaram e divulgaram uma petição, enviada à Agência Fides pela Província dos Redentoristas no Vietnã. No texto, assinado por líderes religiosos católicos e protestantes , assim como por líderes budistas de várias denominações, pede "justiça e respeito pelos direitos humanos no Vietnã". A petição é dirigida aos membros da Assembléia Nacional do Vietnã, aos governos e várias instituições internacionais, como o Conselho da ONU para os Direitos Humanos, com sede em Genebra, as chamados a "controlar a situação". Ao pedir a libertação imediata dos 14 jovens e outros "prisioneiros de consciência", a petição pede ao governo para não usar a tortura e permitir atendimento médico aos prisioneiros.
Nos últimos meses, o Vietnã foi criticado por grupos e ONGs que promovam os direitos humanos por causa da repressão dos ativistas que defendem a liberdade de expressão e o respeito pelos direitos humanos. Em 2 de outubro, o advogado católico e ativista dos direitos humanos Le Quoc Quan foi condenado a 30 meses de prisão sob a acusação de evasão fiscal, mas de acordo com algumas ONGs, as acusações são motivadas politicamente. Conforme relatado à Fides por uma ONG conhecida "Christian Solidarity Worldwide", o governo vietnamita também impediu e reprimiu manifestações livres de fiéis católicos que pediam o direito à terra e a libertação de detidos em prisão sem julgamento. CSW invoca o respeito da liberdade de religião e da liberdade de consciência inVietnã, afirmando que estes são os pré-requisitos para o desenvolvimento de uma sociedade justa e pacífica. (PA) (Agência Fides 7/10/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network