http://www.fides.org

News

2013-09-20

AMÉRICA/NICARÁGUA – Os Bispos em assembleia ordinária discutem também sobre a sentença no Tribunal de Haia

Jinotega (Agência Fides) – Os Bispos da Conferência Episcopal da Nicarágua estão reunidos desde 18 de setembro para sua assembleia ordinária, que se realiza a cada dois meses, na cidade de Jinotega: desde o ano passado, de fato, decidiram se reunir cada vez numa localidade diferente para encontrar assim a população de todas as diocese do país. “Deste vez, os nossos Bispos visitaram a cidade de Jinotega, cidade das neblinas – afirma a nota enviada à Agência Fides no início da reunião -. Neste encontro, examinarão temas da Pastoral desta região eclesiástica e terão a ocasião para discutir sobre alguns argumentos da realidade nacional. Na reunião, como referiram os Bispos Dom Sócrates René Sándigo (Presidente da Conferência Episcopal) e Dom Silvio José Báez Ortega, O.C.D. Bispo Auxiliar de Manágua, se discutirá também em mérito à sentença do Tribunal de Haia e da reação do Presidente da Colômbia".
A motivação deste último argumento foi ditada pelas declarações de Dom Eulises González Sánchez, Vigário Apostólico de San Andrés e Providencia, ilhas que se encontram nas águas do Pacífico, perto de Nicarágua, mas que estão sob a jurisdição colombiana.
O Tribunal Internacional de Haia, de fato, emitiu uma sentença a favor da Nicarágua a respeito da propriedade das “águas que vão além do meridiano 82” e que a Colômbia anexou sob sua jurisdição. Não obstante muitas autoridades colombianas do lugar, civis e militares, se expressaram de maneira positiva sobre a sentença, o Presidente da Colômbia disse publicamente que se trata de uma sentença “que não pode ser aceita pela Colômbia”.
Dom González Sánchez, numa nota da Conferência Episcopal da Colômbia, convidou ao invés o seu povo a reconhecer a sentença do tribunal da Haia a favor da Nicarágua, e a ser otimista, a ver no mar a imensidão de Deus e a buscar boas relações com a Nicarágua diante “daquele mar que, agora, é da Nicarágua”. (CE) (Agência Fides, 20/09/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network