http://www.fides.org

News

2013-09-09

ÁSIA/PAQUISTÃO – Os Bispos paquistaneses: “Estamos em sintonia com o Papa Francisco, pela paz na Síria”

Lahore (Agência Fides) – “Realizamos a vigília, em oração, pela paz na Síria, em sintonia com o Papa Francisco. Como cristãos, que desejam e trabalham pela paz, fazemos votos de que não exista mais violência na Síria e em qualquer outra parte do mundo. Queremos a paz sobre toda a terra”: são as fortes palavras dos Bispos paquistaneses que, numa nota enviada a Fides, se uniram ao clamor de paz do Papa, depois de ter celebrado, em todas as igrejas do país, o “Dia de oração e jejum pela paz na Síria”, no sábado, 7 de setembro. No comunicado conjunto da Conferência Episcopal e da Caritas Paquistanesa, enviado a Fides, os Bispos exortam todos os cristãos no Paquistão “a continuarem a jejuar e a rezar pelo povo sírio, recordando que a iniciativa envolve também fiéis de outras religiões”.
Como referido a Fides, ontem os Bispos paquistaneses leram novamente nas celebrações dominicais as palavras no Angelus do Papa Francesco em que se diz “Nunca mais a guerra! A violência jamais traz a paz: a guerra produz mais guerra, a violência produz mais violência”.
Dom Joseph Coutts, Arcebispo de Karachi e Presidente da Conferência Episcopal, enviou uma mensagem a todas as igrejas para sensibilizar os fiéis, enquanto pe. Bonnie Mendes, membro do Conselho executivo da Caritas Paquistão, advertiu para as “sérias consequências de um ataque militar”.
Como refere a Fides pe. Francis Nadeem, OFM Cap, entre outras igrejas, na Igreja de São José em Lahore se realizou uma vigília especial de oração, com participantes cristãos e muçulmanos. No final da celebração, todos rezaram juntos a oração “Deus, fazei-me instrumento da tua paz”, atribuída a São Francisco de Assis. “O conflito em andamento na Síria levou a uma das piores crises humanitárias no mundo. Como Caritas de todo o mundo, estendemos o nosso apoio às pessoas em dificuldade”, disse Amjad Gulzar, diretor executivo da Caritas Paquistanesa. (PA) (Agência Fides 9/9/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network