http://www.fides.org

News

2013-09-04

ÁSIA/LAOS – Repudiar a fé cristã ou partir: decreto das autoridades a onze famílias convertidas

Borikhamsai (Agência Fides) – As autoridades do vilarejo de Nongdaeng, no distrito de Borikan, Província de Borikhamsai, ordenaram a onze famílias que se converteram ao Cristianismo (50 pessoas no total) a repudiar publicamente a sua fé cristã e regressar à religião animista, caso não queiram ser expulsos do vilarejo. Os representantes das famílias foram convocados em 30 de agosto pelos funcionários civis para os assuntos religiosos, que os convidaram a abandonar “a religião de uma potência ocidental estrangeira, que é destrutiva para a nação laosiana”. Aos cristãos foram dados três dias de tempo para se adequarem. Domingo, 1° de setembro, porém, as famílias cristãs se reuniram numa casa para uma cerimônia litúrgica, reiterando ter pleno direito a praticar livremente a própria fé, como garantido pela Constituição do Laos.
A conversão dessas famílias no vilarejo de Nongdaeng ocorreu entre abril e maio de 2013. Três famílias iniciaram a rezar em suas casas e outras oito famílias da vizinhança se uniram aos poucos a elas, abraçando a fé cristã.
Num apelo enviado a Fides, a Ong “Human Rights Watch for Lao Religious Freedom” pede ao governo laosiano que permita às pessoas que vivem em Nongdaeng de praticar o culto da fé cristã, respeitando a liberdade de consciência e de religião. Além disso, a Ong convida o governo a punir os funcionários por um “decreto de repúdio e de expulsão do vilarejo” que, segundo a normativa vigente, é “completamente ilegal”. (PA) (Agência Fides 4/9/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network