http://www.fides.org

News

2013-07-05

ÁSIA/PAQUISTÃO – Serão processados os estupradores de uma garota cristã

Kasur (Agência Fides) - Um tribunal de Pattoki no distrito de Kasur, província de Punjab, formalizou as acusações de estupro contra dois homens muçulmanos que em fevereiro passado estupraram a jovem de 15 anos Fouzia Bibi. Segundo Fides, Shabir Ali e Sher Muhammad, os dois acusados, foram indiciados por estupro e serão levados a julgamento. A garota tinha sido raptada e estuprada repetidamente pelos dois, que trabalhavam na mesma empresa agrícola onde Fouzia trabalhava. O caso, que foi seguido pelo cristão Mushtaq Gill, esteve no centro de uma tentativa de encobrimento, como muitas vezes acontece no Paquistão quando as vítimas são cristãs.
Há duas semanas, o Supremo Tribunal de Lahore tinha rejeitado a aplicação de fiança para Shabir Ali, que foi preso pela polícia (veja Fides 20/6/2013). Também Sher Muhammad, preso poucos meses depois do primeiro réu, entrou com pedido de fiança que será examinado pelo Tribunal nos próximos dias.
A família cristã de Fouzia tinha sido pressionada pela polícia a retirar a queixa. O policial que os ameaçou foi descoberto e despedido. Como lembra a ONG "Legal Evangelical Association Development" (LEAD) numa nota enviada à Fides, "no Paquistão as minorias vivem sob uma nuvem de medo e são discriminadas em razão da religião e da cultura". Num recente encontro realizado em Lahore entre líderes cristãos e da sociedade foi feito um balanço da situação dos cristãos no Paquistão, realizando um "Memorando" que será enviado ao governo (veja Fides 3/7/2013). O texto indica que as minorias cristãs (3% da população) são vítimas de discriminação, injustiças, preconceitos, perseguição econômica, ódio religioso e violência sectária. (PA) (Agência Fides 5/7/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network