http://www.fides.org

News

2013-05-21

ÁSIA/PAQUISTÃO – Assassinado estudante cristão na aldeia de Kushpur

Faisalabad (Agência Fides) – Um ataque premeditado, um jovem cristão assassinado e dois feridos: é o balanço da agressão ocorrida na aldeia de Kushpur, distrito de Faisalabad, na Província de Punjab. Kushpur (em hurdu “terra da felicidade”) é uma aldeia famosa por ser “o coração pulsante dos cristãos paquistaneses”. Totalmente habitada por cristãos, ali nasceram homens como Shahbaz Bhatti (ministro cristão morto há dois anos), além de muitos bispos e sacerdotes.
Segundo confirma à Fides Fr. Khalid Rashid, Vigário geral da diocese de Faislabad, o homicídio, ocorrido em 17 de maio, foi causado por uma disputa de um terreno vendido por cristãos de Khushpur a uma família muçulmana. Na operação punitiva foi morto o cristão Faisal Patras, 14 anos, enquanto seu irmão Danish e seu pai, Patras Masih, ficaram gravemente feridos por tiros. A polícia interveio e prendeu o assassino, um muçulmano de 25 anos. Fr. Khalid Rashid, que celebrou os funerais do jovem, conta à Fides: “Havia muita tristeza e comoção. Toda a aldeia participou da dor da família. Lancei uma mensagem de perdão e de paz: os cristãos nunca buscam vingança. A justiça caminha por vias legais. A raiz deste homicídio não está no ódio religioso, mas numa briga entre agricultores. É claro que os cristãos são sempre os mais vulneráveis. Confiamos no novo governo e esperamos que faça algo mais pela tutela das minorias”.
Os incidentes e disputas entre pequenos agricultores são frequentes porque com o fenômeno da urbanização, muitos camponeses cristãos de aldeias de Punjab – que haviam recebido terras doadas por missionários cristãos – vão para as cidades e vendem seus terrenos a agricultores muçulmanos.
O ataque se soma ao grave incidente ocorrido no Sul de Punjab, onde uma aldeia nas redondezas de Multan foi abandonada por mais de 1.500 fiéis cristãos que corriam risco de assassínio de massa (veja outro artigo da Fides de 21/5/2013). Khalid Gill, responsável da “All Pakistan Minorities Alliance” (APMA) condenou firmemente o ataque ao vilarejo de Khushpur pedindo a punição do assassino e a proteção dos cristãos. (PA) (Agência Fides 21/5/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network