http://www.fides.org

News

2013-05-15

ÁFRICA/SUDÃO – Tropas chadianas entraram no Darfur, acusa um movimento rebelde

Cartum (Agência Fides)- O Justice and Equality movement (JEM), um dos principais grupos de guerrilha do Darfur (Sudão ocidental), acusou o Chade de enviar tropas além das fronteiras e advertiu o Presidente chadiano, Idriss Deby Itno, para não se envolver no conflito entre o governo de Cartum e os grupos rebeldes da região.
O Chade financiou um acordo entre um grupo separatista do JEM e as autoridades sudanesas. Os líderes desta facção dissidente, Mohamed Bashar e Suleiman Arko, foram, porém, assassinados numa emboscada preparada pelo JEM enquanto voltaram ao Sudão proveniente do Chade. O JEM é acusado de ter armado a emboscada em território chadiano, uma acusação que a direção do movimento rejeita.
Além disso, o JEM afirma que o Chade teve um papel na morte em dezembro de 2011 do próprio líder Khalil Ibrahim. (L.M.) (Agência Fides 15/5/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network