http://www.fides.org

News

2013-05-10

ÁSIA/ÍNDIA – Agredidos e presos dois missionários que distribuíam opúsculos bíblicos

Srinagar (Agência Fides) – Primeiro, o ataque da multidão que os agrediu selvagemente. Depois, a detenção por parte da polícia, que os salvou de uma linchagem certa. Foi o que aconteceu a dois missionários cristãos leigos, acusados de realizarem “atos de proselitismo” contra jovens muçulmanos em Lasjan, vilarejos nas proximidades de Srinagar, na Caxemira indiana. Segundo referem fontes locais de Fides, os dois foram presos em 5 de maio pela polícia de Srinagar, mas um dos dois foi internado no hospital em Jammu (outra cidade da Caxemira) pelas graves lesões que sofreu. Segundo as primeiras investigações, os dois foram acusados de distribuírem opúsculos e publicações com trechos bíblicos a alguns jovens muçulmanos. Ao tomarem conhecimento do fato, uma multidão de muçulmanos os procurou, encontrou e os agrediu. Recentemente, o “Conselho Unido do Jihad”, organização que reúne vários movimentos islâmicos militantes da Caxemira, acusou os missionários de “conversões”, convidando-os a deixarem a Caxemira (veja Fides 2/5/2013). Além disso, alguns mullah (líderes islâmicos) acusaram os voluntários da “Casa Agape”, centro social e educativo administrado por fiéis cristãos indianos em Srinagar, de “conversão de crianças” (veja Fides 17/4/2013). Em 2012, o Pastor cristão C.M. Khanna, preso em Srinagar e condenado por um tribunal islâmico por “conversões forçadas”, foi absolvido pela Alta Corte do Estado de “Jammu e Caxemira”. (PA) (Agência Fides 10/5/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network