http://www.fides.org

News

2013-04-20

ÁSIA/FILIPINAS – As questões “vida e família” irrompem na campanha eleitoral

Manila (Agência Fides) – O respeito pela vida, a centralidade da família, a controversa lei “Reproductive Heath Bill”, que legaliza meios de controle dos nascimentos, são questões centrais para avaliar os candidatos das eleições, previstas para maio próximo: afirmam mais de 40 organizações e movimentos laicais católicos que se reuniram num fórum denominado “The White Vote Movement” (“Movimento do voto branco”). O fórum é guiado pelo conhecido irmão Mike Velarde, líder do grupo carismático católico “El Shaddai”.
Como informado à Fides, em uma imponente manifestação nos últimos dias em Manilha, os movimentos afirmaram, em seu manifesto: “Depois que nossos legisladores cederam às pressões e aprovaram o “Reproductive Health Bill” (“RH Bill”), lei anti-vida, o povo filipino se une ao eleger candidatos que promovem e defendem valores como a vida e a família”.
Na manifestação, da qual participaram mais de 500 mil pessoas, o fórum reiterou os nomes dos candidatos pró-vida que combateram ativamente contra o projeto de lei RH Bill, comprometendo-se em apoiar apenas candidatos que promovem expressamente a legislação pró-vida e pró-família. A ampla assembleia, relatam fontes da Fides presentes, foi “uma maré branca”. Nos meses passados, a cor vermelha era usada pelos defendores da vida, enquanto o roxo era usado pelos defensores da RH Bill. O novo movimento político escolheu a cor branca “porque o branco simboliza a pureza, a inocência, a unidade, a solidariedade, um novo início”, explica Ligaya Acosta, coordenador do movimento “Human Life International” nas Filipinas. O fórum foi lançado pelo movimento eclesial “Laiko”, que visa restituir um papel protagonista aos leigos em preservar os valores fundamentais da família. O Movimento tem em seu programa sensibilizar as famílias sobre temas relativos à vida, à fé e à família “para forjar uma ala eleitoral que represente os reais valores do povo filipino”. (PA) (Agência Fides 20/4/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network