http://www.fides.org

Especial

2004-12-06

AMÉRICA/MÉXICO - 150 anos do dogma da Imaculada onceição - A «Imaculada Mexicana» impressa no manto de Juan Diego foi imediatamente reconhecida como a Mãe de todos os homens: da basílica de Santa Maria de Guadalupe (México)

Cidade do México (Agência Fides) - «Celebraremos os 150 anos da definição dogmática sobre a Imaculada Conceição com todo o entusiasmo e a alegria de um sonho que se realiza, porque o México, como a Espanha, da qual fez parte por três séculos e com o nome de Nova Espanha, sempre foi fervente devoto da Imaculada e sempre rezou e trabalhou para que se obtivesse a definição dogmática. A imagem miraculosamente impressa no manto de santo Juan Diego Cuauhtlatoatzin em 12 de dezembro 1531, foi imediatamente e unanimemente reconhecida pela piedade espanhola como representante da Imaculada Conceição.Esta «Imaculada Mexicana», como foi conhecida na Espanha, foi sempre cara à devoção espanhola, tanto que ela mesma se deu o nome de Guadalupe. Mas, ao mesmo tempo, pelas circunstâncias de sua aparição, pela forma como se apresentou e pelo seu aspecto, foi imediatamente reconhecida pelo povo índio como Mãe de Deus e dos homens, de todos os homens. O acontecimento de Guadalupe tornou possível o que era humanamente impossível: os dois povos se reconciliaram e se aceitaram reciprocamente, e assim nasce uma Igreja e uma nação autenticamente mestiça. O Santo Padre João Paulo II definiu este como “um grande exemplo de evangelização perfeitamente inculturada”.No nosso santuário todos os dias as missas se sucedem e são amplamente participadas, sobretudo agora que se aproxima a festa patronal do 12 de dezembro. No entanto, particularmente quarta-feira dia 8 de dezembro será para nós um dia inesquecível porque teremos a alegria de celebrar o jubileu de outro sacerdotal dos membros do nosso cabido, que receberam a ordenação presbiteral no 100º aniversário da definição do dogma. Iniciaremos a festa já na tarde de terça-feira, com as vésperas solenes. No 8 de dezembro fazem parte do programa as laudes e a missa solenes de agradecimento por todos os sacerdotes jubilares. Na tarde os três seminários arquidiocesanos farão homenagem a Maria Santíssima, dando graças ao Senhor pela definição da sua Imaculada Conceição.»
Mons. Diego Monroy Ponce, reitor da basílica de Santa Maria de Guadalupe
(Agência Fides, 6/12/2004)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network