http://www.fides.org

News

2013-04-08

ÁFRICA/NIGÉRIA – Pelo menos 12 policiais mortos em um ataque reivindicado pelo MEND

Abuja (Agência Fides) - O Movimento pela Emancipação do Delta (MEND) reivindicou o ataque de 6 de abril na lagoa de Azuzama, estado de Bayelsa, no sul da Nigéria, quando foram mortos pelo menos 12 policiais. O incidente aconteceu quando uma embarcação com um grupo de policiais escoltava um ex-militante do MEND ao funeral da mãe, teve um problema técnico e foi atacada por homens armados.
Inicialmente, a polícia desmentiu que o ataque fosse de autoria dos homens do MEND, afirmando que os 12 policiais “estavam dispersos”.
O comunicado do MEND afirma que as ameaças enviadas nos dias passados a respeito do reinício das hostilidades (com o nome em código de “Hurricane Exodus”) são reais, desmentindo as declarações das autoridades locais, que falavam de “ameaças falsas”.
O MEND relaciona o reinício das violências à condenação, na África do Sul, de seu presumível líder, Henry Okah. Okah, que negou alguma ligação com o MEND, foi preso na África do Sul com um mandato de prisão das autoridades nigerianas, acusado por atentados cometidos na Nigéria em 2010. No dia 26 de março, o tribunal de Johanesburgo emitiu uma sentença de 24 anos de prisão por atos de terrorismo.
Os membros do MEND que depuseram as armas foram beneficiados por uma anistia. (L.M.) (Agência Fides 8/4/2013)

Compartilhar: Facebook Twitter Google Blogger Altri Social Network